Cultura

Militares da Força Nacional são atacados a tiros em favela no Rio

Agentes da Força Nacional foram atacados a tiros na entrada da Vila do João, no Complexo da Maré, zona norte do Rio, nesta quarta-feira (10). Segundo o publicado, o soldado que está em estado gravíssimo levou um tiro na cabeça e é Hélio Andrade, de Roraima.

Em nota, a assessoria de comunicação da Polícia Militar do Piauí, por meio do assessor de comunicação da instituição, tenente-coronel John Feitosa, informou que estado de saúde do militar é considerado "bom" e que a PM do estado vai "aguardar a manifestação oficial da FN ou mesmo a confirmação das circunstâncias e consequências do fato".

O outro militar que estava no carro, soldado Rafael, não se feriu, segundo as primeiras informações. Atenciosamente, TC John Feitosa - Assessor de Comunicação da PMPI.

Os homens da Força Nacional estão no Rio por causa da megaoperação de segurança realizada em virtude dos Jogos Olímpicos. Tivemos essa intercorrência, esse lamentável e covarde ataque à Força Nacional que acabou errando o caminho, se desviando de um caminho.

O ministro também disse que dois suspeitos foram identificados até o momento.

O outro militar baleado foi identificado como capitão Alen Marcos Rodrigues Ferreira. Viaturas da Força Nacional patrulham a região e bloqueiam o acesso à Vila São João. Agentes da Divisão de Homicídios da Capital (DH) também estiveram presentes no local.

O terceiro integrante da equipe foi identificado como capitão Alen, do Acre. Motorista foi atingido. Um outro combatente também foi atingido e ficou fora da viatura. "Ele estava na viatura, o colega foi atingido e ele sofreu apenas estilhaço de arma e passa bem", esclarece.



Somo este

Más reciente




Rekomendado