Medicina

Convocação de segurados do INSS para perícia vai até novembro

Convocação de segurados do INSS para perícia vai até novembro”

O segurado que receber a carta terá um prazo para ligar na Central 135 e agendar sua perícia médica.

Serão dadas três chances para o agendamento da perícia do pente-fino.

Na quinta, em reunião do CNPS (Conselho Nacional de Previdência Social), o INSS explicou como será a feita a perícia revisional dos benefícios por incapacidade.

Serão convocados 1,181 milhão de aposentados por invalidez no país, que recebem benefício há mais de dois anos e têm até 59 anos de idade.

Os procuradores federais esclareceram que o requerente sonegou do INSS que: era empresário e agropecuarista; tinha sido prefeito e vereador do município em que residia, Santa Rosa do Tocantins; era proprietário de imóvel rural posteriormente vendido por mais de R$ 1 milhão; e é proprietário de veículo avaliado em mais de R$ 80 mil.

A terceira e última convocação será em novembro e ocorrerá por meio dos terminais eletrônicos das agências bancárias.

O INSS deve convocar aposentados por invalidez para reavaliar a capacidade de trabalho dos segurados ainda em setembro. Em, o presidente do INSS, Leonardo Gadelha, disse que o foco inicial será checar os cerca de 530 mil benefícios de auxílio-doença decorrentes de ordem judicial. Mas, segundo Alberto Beltrame, secretário-executivo da pasta, quem tem o benefício por via da Justiça não é chamado há anos. Nos casos de segurados com domicílio indefinido ou em localidades não atendidas pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, a convocação será feita por edital publicado em imprensa oficial. Para facilitar a convocação e evitar a suspensão do benefício, os beneficiários devem manter seu endereço atualizado junto ao INSS. A alteração pode ser realizada por meio da central de teleatendimento 135 ou pela internet (www.previdencia.gov.br).

Aproximadamente 2,5 mil dos 4,2 mil peritos do quadro do Instituto trabalharão nas perícias de revisão. O perito poderá realizar até quatro perícias diárias referentes à revisão, que serão inseridas na agenda diária de trabalho já na primeira hora da jornada.

No contato, é solicitado que os segurados informem dados pessoais e façam depósito de valores em conta bancária para liberação de revisões de benefícios concedidos, por exemplo, à época do governo Collor e que teriam também direito de receber retroativos. As agendas já marcadas serão cumpridas de modo a não prejudicar os segurados agendados, segundo o INSS.



Somo este

Más reciente




Rekomendado