Mundo

Investimentos previstos em infraestrutura somam R$ 269 bilhões até 2019 — Meirelles

Investimentos previstos em infraestrutura somam R$ 269 bilhões até 2019 — Meirelles”

"Temer está certo ao levar as pessoas chaves e ministros a essa viagem", afirmou o professor de Relações Internacionais da FGV, Oliver Stuenkel, para o jornal El País, em respeito a grande equipe preparada por Michel Temer e seus assessores. Jinping ressaltou que "Brasil e China formam os dois maiores países em desenvolvimento do Oriente e Ocidente". A intenção da pasta é "agilizar" as concessões públicas, o que, segundo o governo Temer, é essencial para a volta do "crescimento" do país.

Temer e Meirelles participarão na China de uma reunião de cúpula do G20.

No entanto, consumada a troca de governo no Brasil, o foco agora é reconstruir a boa relação, observa Carvalho. "E o que não estiver claro será resolvido no governo Temer". Eu sempre disse, desde o começo, como interino, sempre disse que respeitosamente aguardo a decisão do Senado Federal.

"Eles estão preocupados em entender como se relacionar [com a nova administração]". Do que eles gostam? "A reta do crescimento (da confiança) nos últimos meses é pronunciada", disse.

A solução do problema macroeconômico no Brasil não virá em dias ou semanas. A China considera que o impacto do "Brexit" sobre a economia mundial será a médio e longo prazo, embora os mercados financeiros tenham se recuperado das turbulências iniciais que provocou o referendo britânico, explicou o vice-ministro.

No discurso no evento com empresários chineses e brasileiros, Temer destacou que essa é sua primeira missão oficial como presidente efetivado, disse que os indicadores econômicos no Brasil estão melhorando e que o país vai superar a crise. "E se isso vai ou não afetar os interesses chineses", observa o professor. Reuniões com Árabia Saudita e Japão ainda estão sendo negociadas.

O presidente Michel Temer disse que o atual governo "tem feito um esforço extraordinário" para que haja recuperação da confiança no Brasil.

Dessa forma, o foco da conversa de quarenta minutos entre Temer e o Xi Jinping será a economia.

Segundo ele, entre 2016 e 2019 o investimento total previsto em projetos de infraestrutura é de aproximadamente R$ 269 bilhões, divididos entre petróleo e gás, energia elétrica, telecomunicações, transporte, estradas, saneamento, estradas de ferro, aeroportos e mobilidade urbana, portos, entre outros.

Henrique Meirelles disse aos presentes que o Brasil tem espaço na produção de bens e serviços, devido ao mercado de consumo amplo e em expansão, além de potencial agrícola a ser explorado.

O presidente argentino, que assumiu o cargo em dezembro passado, se referia à sua antecessora, no poder entre 2007 e 2015.

O ministro falou também sobre a evolução dos investimentos estrangeiros diretos no Brasil.



Somo este

Más reciente




Rekomendado