Ciência

Mozilla corrige falha que expôs navegador Tor

Um usuário anônimo do serviço de e-mail SIGAINT revelou a existência de um exploit JavaScript que está sendo ativamente usado para rodar códigos maliciosos em usuários do navegador Tor.

O alerta, divulgado pelo site Help Net Security, veio através de um post na lista de discussão do tor-talk, que incluiu o exploit (um arquivo HTML e um CSS). Acredita-se que a falha afeta várias versões do Firefox para o Windows: desde a 41, a mais antiga, até a 50, versão mais recente do popular navegador de código aberto.

Segundo o pesquisador de segurança @TheWack0lian, o exploit é muito semelhante ao usado pelo FBI em 2013 na Freedom Hosting.

Usuários do Firefox devem receber, ou já receberam, uma atualização de urgência.

No dia 30 de novembro, por volta das 19 horas (Horário de Brasília), a Mozilla disponibilizou uma atualização do Firefox contendo uma correção de vulnerabilidade que poderia tirar os usuários do navegador Tor do anonimato.



Somo este

Más reciente




Rekomendado