Mundo

Emmanuel Macron, o candidato mais convincente do debate eleitoral na França

Emmanuel Macron, o candidato mais convincente do debate eleitoral na França”

Numa aparente referência ao escândalo que abalou a candidatura de François Fillon, e que levou à abertura de uma investigação formal sobre uso indevido de fundos públicos quando contratou a mulher como sua assistente parlamentar, o jovem candidato afirmou que a justiça vai prevalecer no caso "de certos candidatos presidenciais".

Os principais candidatos à presidência da França se enfrentaram no primeiro debate na TV a um mês da votação.

Os candidatos participantes no debate foram a líder de extrema-direita do partido da Frente Nacional, Marine Le Pen, candidato independente Emmanuel Macron, o candidato de centro-direita do Partido Republicano François Fillon, o candidato do Partido Socialista, Hamon Benoit e o líder da esquerda-radical Jean-Luc Mélenchon. À primeira, o ex-ministro respondeu que não precisa de um "ventríloquo", ao segundo, que o financiamento de sua campanha é "transparente". "A França não pode oferecer trabalho que não existe nem para os franceses", disse Le Pen, que também defende a saída do país da zona do euro.

Frente a frente, estiveram apenas os cinco candidatos melhor classificados nas sondagens.

O debate desta segunda-feira à noite foi visto por 9,8 milhões de telespectadores.

A candidata de direita, Marine Le Pen, voltou a destacar-se pela radicalidade das suas propostas.

Com uma participação prevista de 65% - muito reduzida para um primeiro turno - e 40% de eleitores indecisos, este debate será uma oportunidade para convencer os franceses que ainda não sabem em quem votar.

"O programa de Marine Le Pen inclui uma maior despesa pública, protecionismo seletivo, revisão monetária ('frexit') e uma dispendiosa reindustrialização".

As eleições presidenciais realizam-se a 23 de abril. Até o momento, as pesquisas mostram Macron e Le Pen tecnicamente empatados na liderança, com boa vantagem sobre Fillon, que foi indiciado em um caso de empregos fantasmas envolvendo sua esposa e ocupa a terceira posição. A segunda volta, que acontecerá se nenhum candidato reunir mais de 50% dos votos, terá lugar no dia 7 de Maio.



Somo este

Más reciente




Rekomendado