Mundo

Manifestantes vaiam e jogam objetos em Maduro após desfile militar

Manifestantes vaiam e jogam objetos em Maduro após desfile militar”

Maduro cumprimentava os participantes depois do desfile, quando algumas pessoas da plateia começaram a atirar objectos, como se vê nas imagens da emissora de TV a cargo da transmissão do evento.

As imagens mostram a equipe de segurança da presidência cercando o governante para evitar que ele fosse agredido.

O ministro da Informação, Ernesto Villegas, também divulgou imagens da saída de Maduro do local, momentos antes do incidente, mas nestas imagens o presidente está rodeado por centenas de apoiantes.

Durante um ato de solidariedade liderado pelo presidente cubano, Raúl Castro, em Havana, Maduro disse que "a verdade verdadeira é que deram ordem de Washington para zero diálogo na Venezuela e para arrebentar nosso país visando uma intervenção estrangeira". "Nicolás. O povo de San Félix te ama e quer te alimentar".

A Procuradoria da Venezuela informou nesta terça-feira que um homem de 20 anos foi morto com um tiro no pescoço na noite de segunda-feira, enquanto estava em um protesto na cidade de Valencia, na segunda morte confirmada em protestos contra o governo.

Maduro rebate dizendo que, sob uma aparência de pacifismo, a oposição está encorajando protestos violentos em uma tentativa de derrubar seu governo.

A morte de Daniel segue a morte de Jairo Ortiz, de 19 anos, na quinta-feira na área de um protesto da oposição nos arredores de Caracas.

A oposição venezuelana tem se manifestado nas últimas duas semanas em rejeição a sentenças emitidas por sete juízes do Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), nas quais assumia as funções do Congresso, mas depois as suprimiram parcialmente.

Maduro chamou o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, de "lixo dos lixos", "escória" e "traidor dos traidores", ao negar sua acusação de que ocorreu um "golpe de Estado" na Venezuela com a retirada das prerrogativas do Parlamento.

A nação sul-americana ainda enfrenta com uma real ameaça de ser suspenso do bloco, como o que aconteceu com o Mercosul. Os supermercados de grandes e pequenas cidades, inclusive os da capital Caracas, estão vazios e com falta de muitos produtos.



Somo este

Más reciente




Rekomendado